Category Archive : Notícias

Após ameça a esposa homem foge da PM em Corinto

No último sábado (14), após receber uma denúncia onde uma mulher estaria sofrendo ameaças de agressões pelo seu marido em Corinto-MG.

Foi encaminhada uma viatura da Policia Militar e ao chegar no local chamado Beltrão. ao perceber a aproximação dos oficiais o autor fugir.

Em conversa com a PM, a vítima confirmou as ameças e entregou aos policias uma espingarda e dois cartuchos que pertencia ao marido.

Os materiais foram apreendidos e encaminhados para a delegacia da Polícia Civil de Corinto.

SUS amplia acesso à tratamentos para câncer raro no sangue. Hoje cuidado é apenas paliativo

Por meio de consulta pública, sociedade terá a chance de contribuir com a incorporação de medicamento que aumenta o tempo de vida dos pacientes

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias (CONITEC) abriu consulta pública para avaliar a incorporação da terapia-alvo ruxolitinibe para o tratamento de adultos com mielofibrose, nos seguintes subtipos da doença: primária, pós-policitemia vera ou pós-trombocitemia essencial, no Sistema Único de Saúde (SUS), após petição realizada pela ABHH. Atualmente, contando apenas com opções pouco eficazes, a população atendida pela rede pública de saúde poderá ter o acesso a medicamento que contribui para o controle dos sintomas e aumenta o tempo de vida.

Com maior prevalência entre pessoas acima de 50 anos, estima-se que uma a cada 133 mil pessoas seja afetada pela mielofibrose[1-2], tipo raro de câncer no sangue, desencadeado pelo mal funcionamento das células-tronco. A disfunção surge quando estas células sofrem uma mutação e formam uma fibrose (cicatriz) na medula óssea, prejudicando a produção das células sanguíneas.

Entre os principais sintomas estão cansaço sem causa específica, fraqueza, anemia, palidez, suor noturno em excesso, palpitações, falta de ar, emagrecimento, perda de apetite, dor ou desconforto no abdômen e aumento do baço.[3-4] Esses aspectos prejudicam bastante os pacientes que, raramente são elegíveis ao transplante de medula óssea, único tratamento curativo. Por conta disso, outras possibilidades terapêuticas, como o ruxolitinibe (inibidor do gene JAK2, presente em aproximadamente 50% dos casos da doença[5-6]), medicamento que melhor atende a esse perfil de paciente, são necessárias para melhorar a condição desses indivíduos.

“O medicamento é a opção terapêutica mais moderna, que está disponível no sistema privado de saúde desde 2018. Porém, infelizmente, quem depende do SUS ainda não tem acesso a essa terapia-alvo, a única capaz de contornar sintomas graves, como o aumento do baço, além de garantir melhora clinicamente significativa na qualidade de vida e sobrevida global dos pacientes. Precisamos muito da atenção de todos para mudar a realidade de tratamento dessa população hoje desassistida”, afirma o diretor médico da Novartis, Dr. André Abrahão.

Por ser uma condição progressiva, os pacientes podem sofrer com condições debilitantes com o passar dos anos, tornando-se incapazes de seguir suas rotinas de forma funcional – especialmente se não estiverem sob cuidados e recebendo o tratamento adequado. A doença pode apresentar complicações graves, como hemorragias, tromboses, infecções e falência de órgãos, bem como evoluir para condições como a leucemia mieloide aguda, potencialmente fatal, e óbito.[7-8-9-10]

A maioria dos pacientes com mielofibrose são tratados com medicamentos citorredutores (responsáveis por diminuir a contagem das células do sangue), que são apenas paliativos, portanto, é necessário avaliar o papel do ruxolitinibe como recurso terapêutico padrão no Brasil. Ainda que a decisão preliminar da CONITEC seja pela ‘não incorporação’ do medicamento no SUS, as contribuições de toda sociedade civil (médicos, profissionais de saúde e pacientes, entre outros) podem influenciar a recomendação final do órgão e garantir o acesso das pessoas com mielofibrose a uma terapia comprovadamente eficaz.

Todos podem expressar sua opinião sobre a incorporação de ruxolitinibe para tratamento de pacientes com mielofibrose no SUS. Na consulta pública, a opção DISCORDO da recomendação da CONITEC é a favor da incorporação da nova terapia no sistema público. Já a opção CONCORDO é favorável a não inclusão desse medicamento.

As consultas públicas têm como objetivo promover a participação da sociedade nos processos de tomada de decisões do governo sobre políticas públicas de saúde. Esta consulta está aberta até 11 de março de 2020. Para o envio de contribuições, o interessado deve acessar o site http://conitec.gov.br/consultas-publicas, buscar a consulta sob o nome “Ruxolitinibe para tratamento de pacientes com mielofibrose primária, mielofibrose pós policitemia vera ou mielofibrose pós trombocitemia essencial, de risco intermediário-2 ou alto”, número 04 – e seguir as instruções.

Sobre a Novartis

A Novartis está reimaginando a medicina para melhorar e ampliar a vida das pessoas. Como empresa líder global em medicamentos, utilizamos ciência inovadora e tecnologias digitais para criar tratamentos transformadores em áreas de grande necessidade médica. Em nossa busca por novos medicamentos, estamos constantemente classificados entre as principais empresas do mundo que investem em pesquisa e desenvolvimento. Os produtos da Novartis alcançam mais de 750 milhões de pessoas em todo o mundo e estamos encontrando maneiras inovadoras de expandir o acesso aos nossos tratamentos mais recentes. Cerca de 105 mil pessoas de mais de 140 nacionalidades trabalham na Novartis em todo o mundo. Saiba mais em http://www.novartis.com.

Jovem de 17 ano morre em acidente em Inimutaba

Na noite do último sábado (15), jovem de 17 anos morre em acidente em Inimutaba na BR MGC-259.

Segundo a PMR( Polícia Militar Rodoviária ) a vítima estaria em uma bicicleta motorizada quando teve seu ciclomotor atingido por um carro que seguia o mesmo sentido.

Conforme o motorista um veículo que seguia sentido contrário teria prejudicado sua visão com a luz do farol por esse motivo não avistou o ciclomotor que estava sendo controlado pelo Carlos Manoel Araujo causando o acidente.

Segundo a PMR o motorista do carro realizou o teste do bafómetro e não constatado presença de álcool.

UFVJM realiza projeto para produzir bloquetes com isopor

Iniciativa do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental da UFVJM – Campus Unaí tem apelo social e ambiental

Sob a coordenação da professora Hellen Pinto Ferreira Deckers, alunos do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental da UFVJM – Campus Unaí têm trabalhado na fabricação de bloquetes com utilização de isopor em substituição a areia. O trabalho faz parte do projeto de extensão Reutilização do Poliestireno Expandido (EPS) com Agregado no Composto de Concreto Leve para Fabricação de Bloquetes, aprovado no último edital da UFVJM para o ano de 2020 e realizado em parceria com a Prefeitura Municipal de Unaí, através da Secretária do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semamd), e com a Penitenciária Agostinho de Oliveira Júnior (Paoj).

Bloquetes produzidos com isopor
              em substituição a areia pelo curso de Engenharia Agrícola
              e Ambiental da UFVJM - Campus Unaí (Foto: ICA / UFVJM)
Bloquetes produzidos com isopor em substituição a areia pelo curso de Engenharia Agrícola e Ambiental da UFVJM – Campus Unaí (Foto: ICA / UFVJM)

A professora conta que a ideia do projeto surgiu a partir do problema enfrentado pela Semamd com o descarte diário de cerca de 4 mil marmitas de isopor utilizadas para a alimentação dos reeducandos do presídio. “Era preciso buscar uma solução para a reutilização dessa grande quantidade de isopor e conseguimos chegar a esse importante projeto de cunho social e ambiental”, afirma Hellen. E a coordenadora explica como a parceria funciona: “A matéria-prima (isopor triturado) é fornecida pela Semamd e a mão-de-obra é dos reeducandos e de alunos do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental.”

O projeto encontra-se agora na fase de teste de resistência dos bloquetes fabricados com 20%, 40% e 60% de isopor. Os próprios reeducandos realizaram os testes, sob supervisão e orientação do diretor-geral da Paoj, Sílvio Pereira Cardoso Júnior, da professora Helen e do acadêmico Gabriel Elan Finkler. O objetivo é utilizar esses bloquetes no calçamento da Universidade e em praças e escolas da cidade de Unaí.

            O projeto Reutilização do Poliestireno Expandido (EPS) com Agregado no Composto de Concreto Leve para Fabricação de Bloquetes é coordenado pela professora Hellen Pinto Ferreira Deckers e conta com o envolvimento dos alunos Ana Clarah Cordeiro de Oliveira Talá, Gabriel Elan Finkler, Manuella Brandão Gonçalves, Mucio Abraão Sousa de Assis, Nei Gaspar dos Santos Junior, Northon Matheus Santana de Castro e Rosy Mara Oliveira da Silva, do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental da UFVJM – Campus Unaí.

Dia Nacional contra Sarampo – Vacine-se

O Brasil registrou 3.339 casos confirmados de sarampo em 16 estados, de acordo com o Ministério da Saúde. Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul passaram a integrar a lista de estados com surto ativo da doença. Nos últimos meses de 2019 boletim aponta a notificação de 24.011 casos suspeito. Os casos confirmados, neste último levantamento, representam 89% do total de 2019.

As crianças são as mais suscetíveis às complicações e óbitos por sarampo. A incidência de casos em menores de 1 ano é nove vezes maior em relação à população em geral. A cada 100 mil habitantes, 52 crianças nessa faixa etária obtiveram confirmação para o sarampo. A segunda faixa etária mais atingida é de 1 a 4 anos. Esses dados do boletim epidemiológico elevam atenção para ações mais pontuais para este público.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo é uma estratégia para interromper a circulação do vírus da doença no país.O Ministério da Saúde, juntamente com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, realizará vacinação neste Sábado para crianças e adolescentes de 05 a 19 anos.

Dia 15 de Fevereiro, nesse Sábado.Horário de vacinação, de 08:00 da manhã as 17:00 da tarde. Será necessária a presentação de cartão de Vacina e CPF.

Pontos de vacinação : Drogaria Araújo, Supermercado Cordeiro e Cordeiro Atacarejo.

PRF apreende caminhonete com 60 Kg de cocaína em Paraopeba

Na última terça-feira (04), foi apreendida uma grande quantidade de drogas, em Paraopeba/MG.

Segundo a Policia Rodoviária Federal, durante uma fiscalização de rotina o veiculo foi abordado por negligência no número de passageiros, no veículo além do motorista haviam cinco pessoas sendo 3 delas crianças, ao ser interrogado individuo demonstrou nervosismo.

Os policiais iniciaram uma busca minuciosa no veículo encontrando uma grande quantidade de uma substância semelhante a cocaína escondida na lataria e nos pneus da caminhonete, a quantidade da substância ao todo correspondia a aproximadamente 60 quilos. O motorista informou que estava transportando a substância de Goiás/GO a Espirito Santo e que sua família não sabia.

O homem foi preso e a droga e o veículo foram apreendidos e encaminhados para a Policia Civil de Sete Lagoas/MG.

Familia do tráfico: mãe e filho são presos em Diamantina

Na última segunda-feira (03), mãe e filho foram presos por envolvimento com tráfico de drogas, no Vale Jequitinhonha, em Diamantina/MG.

Segundo a Policia Militar, um individuo que havia sido abordado por uso de entorpecentes relatou aos policiais que havia conseguido as drogas com um jovem de 22 anos que residia no bairro, Rio Grande em Diamantina.

Ao chegar na residência foi realizada uma busca, encontrando uma porção e duas pedras de uma substância semelhante a cocaína , um tablete e duas buchas de substância semelhante a maconha, além de R$ 1.000,00 e dois aparelhos celulares. Foi descoberto pelos policiais que a mulher de 43 anos estaria ajudando o seu filho nas vendas dos entorpecentes

Os autores foram presos e as substâncias apreendidas.

PM apreende arma de fogo em Curvelo

Na última terça-feira (04), a Policia Militar realizou buscas, no bairro Bandeirantes, em Curvelo/MG.

Segundo a PM, foi recebida uma denúncia onde alguns moradores teriam se envolvido em uma briga, os policiais se dirigiram até o local e quando chegaram a briga já havia se dissipado e os autores tinham deixado o local, durante buscas na residencia de um dos indivíduos foi encontrado em um dos quartos uma garrucha calibre 22 municiada com dois cartuchos intactos.

A arma e os cartuchos foram apreendidos e os autores não foram encontrados até o momento.

Após fortes chuvas 101 cidades mineiras estão em estado de emergência

Na última terça-feira (28), a Defesa Civil Nacional divulgou uma lista com 101 cidades de mais de 54 municípios que sofreram grandes estragos realizados pelas chuvas e que estão em estado de emergência no estado de Minas Gerais.

As cidades mineiras listadas são: Almenara, Antônio Dias, Barão de Cocais, Belo Vale, Bocaiúva, Bom Jesus do Galho, Caputira, Cipotânea, Conselheiro Lafaiete, Cordisburgo, Coronel Fabriciano, Crucilândia, Diamantina, Diogo de Vasconcelos, Durandé, Entre Rios de Minas, Felício dos Santos, Felixlândia, Fervedouro, Guaraciaba, Igaratinga, Inimutaba, Ipaba, Ipanema, Itapecerica, Jeceaba, Juatuba, Lamim, Manhumirim, Mário campos, Miradouro, Moeda, Nova Era, Nova União, Oliveira, Ouro Branco, Paula Cândido, Pintópolis, Ponte Nova, Rio Casca, Rio Piracicaba, Rosário da Limeira, Santa Cruz do Escalvado, Santa Maria do Itabira, Santana do Manhuaçu, Santana dos Montes, Santo Antônio do Grama, São Geraldo, São Gonçalo do Rio Abaixo, São João do Manhuaçu, Senhora de Oliveira, Setubinha, Timóteo, Tombos, Abre Campo, Alto Caparaó, Alto Jequitibá, Belo Horizonte, Betim, Brumadinho, Caeté, Caparaó, Carangola, Cataguases, Congonhas, Contagem, Divino, Dores do Turvo, Ervália, Espera Feliz, Guidoval, Ibiaí, Ibirité, Luis Burgo, Manhuaçu, Mariana, Mateus Leme, Matipó, Monjolos, Muriaé, Nova Lima, Orizânia, Patrocínio de Muriaé, Pedra Bonita, Raposos, Raul Soares, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Sabará, Santa Bárbara, Santa Luzia, Santa Margarida, São Gonçalo do Sapucaí, Sarzedo, Senador Firmino, Simonésia, Taquaraçu de Minas, Teófilo Otoni, Tocantins, Ubá e Visconde do Rio Branco.

De acordo com a MDR (Ministério do Desenvolvimento), as prefeituras poderão acessar os recursos federais para assistência, restabelecer serviços essenciais, reconstruir estruturas danificadas e elaborar ações de socorro. Foi divulgado que a verba estipulada é de aproximadamente R$ 90 milhões

Segundo a Defesa Civil Nacional, está sendo realizado um treinamento para que os municípios elaborem propostas de uma forma correta e com todos os documentos necessários, com fotografias dos danos causados.

O Ministro do Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto anunciou que neste domingo (26), em Belo Horizonte/MG a União irá antecipar os benefícios do Bolsa Família, FGTS e a utilização do Sistema Único de Assistência Social

Saldo de crescimento de emprego cresceu em 19% em 2019

Há algo em comum entre restaurantes, salões de beleza, clínicas médicas e lojas de assistência técnica especializada. Todos esses estabelecimentos fazem parte do setor de serviços, o principal responsável pelo avanço do emprego formal em Minas Gerais. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ele gerou 55.213 vagas com carteira assinada de um saldo total de 97.720 postos de trabalho abertos no Estado em 2019.

Os dados divulgados pelo Ministério da Economia, na última sexta-feira (24/01), mostram uma recuperação do emprego formal em Minas Gerais, mesmo com as dificuldades fiscais enfrentadas pelos municípios mineiros. No acumulado do ano, o Estado registrou 15.801 postos de trabalho a mais que em 2018. Essa diferença representa uma evolução de 19,28% no estoque de vagas abertas.

A expansão de admissões em relação às demissões deve-se, especialmente, a setores estratégicos para a economia mineira, como a construção civil (7,72%), a indústria extrativa mineral (4,04%) e os serviços (3,43%). A agropecuária, por sua vez, foi o único setor a registrar recuo no número de vagas formais em Minas (-0,93%). Já o comércio fechou o ano com saldo positivo de 1,37% de contratações.

A economista da Fecomércio MG, Bárbara Guimarães, atribui a reversão do quadro de desemprego a fatores como a inflação controlada, a queda dos juros básicos a 4,5% ao ano e as reformas estruturais aprovadas. “O ambiente de otimismo vivido no ano passado permitiu setores como a mineração – afetada no início de 2019 pela tragédia em Brumadinho – e a construção civil – em baixa desde a crise – elevarem o percentual de contratações no Estado”, avalia.

Em relação ao comércio, Bárbara considera que o consumo aquecido e a confiança do empresário foram determinantes para a evolução do emprego em Minas. “As medidas de liberalização da economia implementadas no país durante o ano passado motivaram um comportamento mais positivo de quem empreende. Não por acaso, o Índice de Condições Atuais do Empresário do Comércio de Belo Horizonte expandiu 22 pontos percentuais de 2018 para 2019”, quantifica.

Números anteriores à crise

No Brasil, os resultados do Caged 2019 revelam que 644.079 vagas formais foram geradas, 21,63% a mais que o apurado em 2018. O saldo é o melhor em números absolutos desde 2013, quando o país criou mais de 1,1 milhão de empregos com carteira assinada. Todos os oito setores verificados encerram o ano com estoque positivo, com destaque para os serviços, responsável pela geração de 382,5 mil postos de trabalho, e para o comércio, com 145,4 mil admissões.

Entre as regiões geográficas do país, os melhores saldos de postos de trabalho formais no ano passado ficaram como a Região Sudeste (318,2 mil), seguida pela Sul (143,2 mil), Nordeste (76,5 mil), Centro-Oeste (73,4 mil) e Norte (32,5 mil). Já em relação aos estados, os desempenhos mais satisfatórios foram registrados em São Paulo (184,1 mil), Minas Gerais, (97,7 mil) e Santa Catarina (71,4 mil).

Opção pós-reforma

O trabalho intermitente também colaborou para o resultado do Caged em 2019. No período, a modalidade gerou 85,7 mil empregos, 13,3% do total de vagas criadas em todo o país. Os setores de serviços (39,7 mil) e comércio (24,3 mil) foram os destaques dessa forma de trabalho, que permite ao profissional prestar atividades em períodos alternados, conforme a demanda do empregador.