Autor: Ícaro Guimarães

8 dicas para curtir o Carnaval com saúde

Carnaval é um dos feriados mais aguardados pelos brasileiros. Porém, para aproveitar os dias de folia com saúde, é importante estar atento a alguns cuidados básicos como a alimentação, a pele, e as doenças sexualmente transmissíveis. Pensando em tudo isso o Dr. Aier Adriano Costa, coordenador da equipe médica do Docway, separou algumas dicas para o feriado que está chegando.

1)   Use camisinha

O uso do preservativo é recomendado em todas as relações, é a forma mais eficaz de prevenção de inúmeras doenças como sífilis, herpes genital e a AIDS. Além do preservativo, mulheres devem ficar atentas ao uso da pílula do dia seguinte, segundo o médico, por possuir uma quantidade grande de hormônios, atrelada ao excesso de álcool pode trazer danos ao organismo e acabar com o feriado.

2)   Alimente-se bem

Outro cuidado importante para os dias de folia é com a alimentação, comer em um intervalo de 3 horas ajuda não só a manter a energia para ir atrás do trio, como a repor vitaminas e sais minerais que são eliminados com mais facilidade já que precisam ser usados para eliminar o álcool do organismo. Refeições leves são as ideais com frutas, sanduíches, snacks, eles ajudam a dar energia e manter o corpo preparado.

3)   Beba MUITA água.

Manter o corpo hidratado é fundamental, beba água, vitaminas, sucos naturais, isotônicos. Isso ajuda seu corpo e evita muitos problemas como insolação, mal estar, tonturas, desmaios e até a famosa ressaca, já que o corpo perde líquidos com a ingestão de bebidas. “Uma boa opção para esses dias é a água de coco, que hidrata e ajuda a repor os sais minerais que o organismo está precisando”.

4)   Use filtro solar

Sol em excesso causa inúmeros problemas como desidratação e queimaduras. Por isso, é bom evitar ficar exposto a ele nos horários de maior incidência, entre as 10h e às 16h. Proteja-se, use o protetor a cada 2h. Óculos de sol, bonés, chapéus, também são muito bem-vindos.

5)   Cuidado com as fantasias

Os dias são naturalmente mais quentes devido à época do ano, por isso, é bom tomar cuidado até na hora de se vestir. Use roupas leves e sapatos confortáveis, já que nessa época é comum que as pessoas passem grande parte do tempo em pé, evitando bolhas e o calor em excesso.

6)   Bebidas energéticas com cautela

Outra coisa muito comum nessa época do ano é o uso excessivo de bebidas energéticas, afinal, você quer aproveitar ao máximo todos os dias. Segundo o médico, essas bebidas apresentam um alto teor de cafeína o que pode causar insônia e atrapalhar o sono, prejudicando o descanso. “O uso de bebidas energéticas atreladas ao álcool podem causar arritmias e palpitações, por isso devem ser evitados”, explica.

7)   Carteirinha de vacinação em dia

Durante o carnaval é comum acontecer acidentes, como cortes com garrafas de vidro e objetos de metal, o segundo é fonte de bactérias e responsável pela transmissão do tétano. Além é claro, do grande número de pessoas nas ruas e eventos, o que pode facilitar a transmissão de doenças que podem ser evitadas se as vacinas estiverem em dia.

8)   Durma!

Apesar de querer aproveitar todos os dias de festa, é importante que existam horários de descanso, se não conseguir dormir pelo menos 7h às 8h por dia, evitando o cansaço excessivo e a irritação, tente fazer pequenas pausas durante o dia, ou tirar aquele cochilo após o almoço. Isso vai ajudar a aproveitar o carnaval da melhor maneira possível e sem descuidar da sua saúde e bem-estar.

Com essas dicas simples, sua festa vai acontecer da melhor maneira possível. “O abuso do álcool, falta de descanso, má alimentação e alta exposição ao sol podem trazer consequências severas à saúde como inflamação no fígado, desidratação, tonturas, vômitos, desmaios, dores de estômagos dentre outros problemas. Fazendo tudo isso você evita maiores problemas e aproveita o feriado”, finaliza o Dr. Aier Adriano Costa.

Spotify revela as principais tendências para um 2020 com mais qualidade de vida e (claro!) mais música

Um ano novo se inicia e com ele chega o momento de renovar aquela lista de metas e prioridades para o próximo ano: pegar firme na academia, melhorar a alimentação e até aliviar o estresse do dia a dia.

Não importa quais sejam os objetivos, o Spotify reuniu as principais tendências da plataforma para te ajudar a pegar firme nessa rotina de autocuidado, baseado nas mais de 54 milhões de playlists focadas em estilo de vida e conteúdos que os usuários do Spotify estão ouvindo globalmente. Afinal, por que não deixar a música dar aquele “empurrãozinho” nas metas para melhorar a qualidade de vida em 2020?

Em 2019, as 10 músicas mais escutadas para treinos e atividades de bem-estar no Brasil foram:

1 – Ed Sheeran e Justin Bieber: I Don’t Care
2 – Alok, Felix Jaehn, The Vamps: All the Lies
3 – Bastille, Marshmello: Happier
4 – Sam Smith, Normani: Dancing With A Stranger
5 – Maroon 5, Cardi B: Girls Like You
6 – Anitta, Lexa, Luísa Sonza, Mc Rebecca: Combatchy
7 – Shawn Mendes: If I Can’t Have You

8 – Sofia Reyes, Anitta, Rita Ora: R.I.P.
9 – Shawn Mendes: Lost in Japan
10 – Jonas Blue, Lennon Stella, Liam Payne: Polaroid

Músicas para treinar e se exercitar foram tocadas mais de 26 milhões de vezes no Brasil. São mais de 273 mil playlists criadas por usuários brasileiros para práticas de exercícios.

Além disso, o Spotify destacou algumas tendências e dados globais, baseado nos hábitos de consumo de áudio dos usuários da plataforma no mundo todo:

• “And the Oscar goes to“: Os ouvintes criaram mais playlists de corrida do que qualquer outro tipo de treino (mérito para a Dinamarca, que venceu disparado nesse quesito). Yoga segue com alta popularidade e a Suécia pode ser a nação mais zen do mundo, com base no alto número de listas de reprodução de meditação e yoga criadas pelos ouvintes do Spotify. Para se ter uma noção, os ouvintes suecos criam essas playlists a uma taxa de 521% mais alta que os ouvintes de outros países.

• Previsões para 2020: o foco no autocuidado continuará reinando em 2020. As músicas “thank u, next “, de Ariana Grande, “Good as Hell “, de Lizzo e “Love Myself “, de Hailee Steinfeld foram verdadeiros hinos populares de empoderamento feminino, presentes em milhares de playlists no mundo todo. Além disso, vimos um aumento de 113% nas playlists de meditação no ano passado, superior ao de qualquer outra prática de bem-estar. Também houve um aumento na reprodução de playlists de pilates (71%), de treinamento com pesos (66%), e prevemos que todos continuarão a crescer em popularidade em 2020.

• ZZZzzz: a reprodução de podcasts de saúde e fitness aumentou 145% no ano passado. A novidade é que os ouvintes estão se apaixonando por podcasts do sono! O podcast mais popular da categoria de saúde e fitness no momento é “Sleepy “, onde o apresentador Otis Gray lê histórias clássicas para ajudar os ouvintes a dormir. Bons sonhos!

• Globalmente, a música ”‘Till I Collapse ”, do Eminem, é a faixa mais ouvida nas playlists de exercícios no momento. “I Don’t Care “, de Ed Sheeran com Justin Bieber é a segunda música de treino mais ouvida, seguida por “Dance Monkey ” de Tones and I, “If I Can’t Have You” de Shawn Mendes e “Beautiful People ” de Ed Sheeran e Khalid.

As músicas de treino mais tocadas no Spotify, globalmente (de 16 de setembro a 15 de dezembro de 2019):

• “‘Till I Collapse ” – Eminem, Nate Dogg
• “I Don’t Care ” – Ed Sheeran, Justin Bieber
• “Dance Monkey ” – Tones and I
• “If I Can’t Have You ” – Shawn Mendes
• “Beautiful People ” – Ed Sheeran, Khalid
• “Sucker ” – Jonas Brothers
• “SICKO MODE ” – Travis Scott
• “Higher Love ” – Kygo, Whitney Houston
• “Lose Yourself ” – Eminem
• “i’m so tired… ” – Lauv, Troye Sivan

Idosos conquistam mais qualidade de vida com Pilates

Segundo o IBGE, em 2018, 13% da população tinha 60 anos ou mais. As projeções para 2060 indicam que o número de idosos chegará a 32% dos brasileiros. Uma parcela da população que merece e precisa de atenção, de políticas públicas específicas a cuidados com a saúde, bem-estar físico e emocional. Dentre as opções que se encaixam nesse quesito está o Pilates!

“Além dos vários benefícios físicos, essa atividade faz maravilhas ao promover harmonia entre corpo e mente, resgatando a autoestima. É visível como o aumento da força física e a disposição durante as aulas colaboram para que o praticante se sinta mais confiante”, explica a Dra. Gislaine Milena Marton, Fisioterapeuta e proprietária da Clínica Quality Fisio & Pilates.

Isso porque, é natural que, com o passar do tempo, o corpo apresente algumas limitações funcionais, incluindo dores articulares, perda parcial da flexibilidade, da força e até do equilíbrio, devido à diminuição da densidade mineral óssea (osteoporose) e da massa muscular. O que pode ser revertido ou modificado com a prática da atividade.

“Com estímulos certos, os músculos dos idosos se tornam muito mais resistentes, similares aos dos mais jovens. Diversos alunos de Pilates com mais de 60 anos apresentam ganho de força considerável, conquistam mais equilíbrio e coordenação dos movimentos, resultando em atividades executadas com mais agilidade e destreza. Isso é muito importante também porque previne as quedas – que podem acarretar problemas mais sérios”, completa a Fisioterapeuta.

Além disso, o Pilates ativa várias partes do corpo ao mesmo tempo com movimentos suaves e contínuos, trabalhando a concentração, muito importante no desenvolvimento das atividades diárias e podendo proporcionar mais independência. Os benefícios da técnica se estendem à coluna, beneficiando a postura, notavelmente prejudicada devido aos anos de maus hábitos e desgastes naturais. Esses exercícios fortalecem essa região e garantem uma consciência corporal, colocando o corpo “nos eixos”.

Com o auxílio do profissional capacitado, o Pilates pode ajudar a viver bem em qualquer idade.

Beto Monteiro confirma favoritismo e é campeão da Copa Truck 2019

Depois de um ano inteiro de bons resultados, não deu outra: o piloto Beto Monteiro foi campeão da Copa Truck 2019, a maior corrida de caminhões do país. Na última prova do ano, realizada neste domingo (8), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, Monteiro levou o título por pontos, alcançando a marca de 174. Ele precisava de 27 deles para já sair com o caneco na mão.

Monteiro, que faz parte da equipe RM Volkswagen e que conta com o apoio da 4TRUCK – uma das maiores empresas de implementos rodoviários do país -, largou em 1º e chegou em 2º lugar na corrida 1, garantindo, assim, já o título de campeão 2019. Já na corrida 2, chegou em o 4º lugar, atrás inclusive de dois companheiros de equipe, Renato Martins e Paulo Salustiano.

Por vários momentos, dentro do box, admiradores, familiares e equipe vibravam quando tanto Beto como os demais corredores da equipe RM finalizavam cada volta em posições satisfatórias. Depois de finalizada a corrida 2 e segundos antes de estacionar o caminhão no box 01, o campeão de 2019 já recebia calorosos aplausos do público que o aguardava. Ao chegar e já vibrando muito dentro do caminhão, Monteiro aproveitou para subir no teto do truck, motivo de muitas alegrias no decorrer do ano, e agradecer ao público presente.

Depois de voltar do pódio para o box, Monteiro já se mostrava bastante tranquilo, assim como já demonstrara em outras oportunidades. “Acho que quando você tem um equipamento bom, você consegue fazer estratégias e fazer com que elas deem certo. Então, quando a equipe trabalha em sintonia, tudo acaba funcionando. Foi isso que a gente fez durante o ano e graças a Deus deu certo”, reforçou.

O campeão também falou sobre a emoção de vencer no principal autódromo do país. “O coração tá muito, muito, muito feliz; toda a minha família está aqui, e fazer o que fizemos em São Paulo, é especial, até porque é uma pista ‘dura’, que exige muito”. Além da esposa e dos filhos gêmeos, tanto o pai como o irmão de Monteiro se fizeram presentes.

Marcando presença em Interlagos com a família e colaboradores, o CEO da 4TRUCK, Osmar Oliveira, falou sobre o resultado do parceiro, que acompanha de perto desde 2018. “Acredito que o ano inteiro foi fantástico para o Beto e o caminhão acertado contribuiu muito para isso. E para gente, enquanto 4TRUCK, foi maravilhoso, especialmente por ver uma festa como essa, com um grid com 25 caminhões, que faz tempo que não vemos”.

Alunos de capoeira realizam entrega de cordas no Caic

Aconteceu no último final de semana na escola do CAIC o XX Encontro Nacional de Entrega e Troca de Cordas.

A celebração, prestigiada por dezenas de pessoas, contou com muitas músicas de capoeira, regidas pela percussão e pelo berimbau.

O evento contou com a participação de 389 capoeiristas das cidades de Cotia – SP, Ribeirão Preto – SP, Santa Rita do Passa Quatro – SP, Três Marias, Várzea da Palma, Buritizeiro, Sete Lagoas, Pompéu, Inimutaba, Gentil de Matos, Morro da Garça, Caetanópolis, Belo Horizonte, Betim, Montalvânia, Montes Claros e Pirapora.

Veja fotos:

Nadadores curvelanos sobem ao pódio na última etapa de torneio estadual

A Equipe de Natação Curvelo esteve no último final de semana na cidade de Conselheiro Lafaiete para participar da Etapa Final da XI Copa Minas Gerais de Natação.

Os 7 Nadadores curvelanos treinados pelo técnico Alexandre Barbosa obtiveram excelente resultado, subindo no pódio em todas as categorias disputadas.

Bom Jesus é campeão amador pela sétima vez

No último domingo, 24, o time do Bom Jesus sangrou-se campeão do Campeonato Curvelano de Futebol Amador. O título conquistado dentro da Arena Bom Jesus foi a Sétima conquista da agremiação.

Apesar da tensão de jogo decisivo, a equipe do Bom Jesus aplicou uma sonora goleada em cima Santa Cruz por 5 a 1. Destaques para o jogador Dezinho que fez um triplete na finalíssima e foi eleito o melhor em campo, além do goleiro Marlon Vaguinho que já acumula 12  decisões municipais na carreira. O zagueiro Hiago vem sendo o jogador pé quente dos atletas com o seu quarto título municipal seguido.

Foco na saúde: Você sabia que doenças do sono podem causar tristeza, estresse e diversos outros problemas?

Nossos pais e avós dormiam melhor do que dormimos hoje? Tudo indica que sim, já que dados da Associação Brasileira do Sono demonstram que 60% dos brasileiros dormem menos de 7 horas por noite.

De acordo com a pesquisa “Episono São Paulo”, feita pela pesquisadora Monica Levy, só na cidade de São Paulo, uma em cada três pessoas têm apneia obstrutiva do sono – quando a respiração para e volta diversas vezes durante o sono.

Já um outro estudo realizado pelo Datafolha com o Instituto do Sono mostrou que 23% da população no Estado de São Paulo se queixam de sono insuficiente. O Detran também pode contribuir com dados sobre o tema, e indica que 20% dos acidentes de trânsito estão associados a indivíduos sonolentos.

O que explica essa piora na qualidade do nosso na geração Z – pessoas nascidas entre os anos 1990 e o início dos anos 2010? Alguns especialistas, como a própria Monica Levy, apontam alguns palpites.

Essa geração foi diretamente atingida pela quarta e última grande onda causadora da privação do sono na sociedade moderna: a criação da web e a popularização da internet, que aconteceu a partir de 1995. 

Antes dela, outros grandes acontecimentos influenciaram o sono de gerações pregressas: a Revolução Industrial, com a adição de mais um turno de trabalho, o surgimento da luz elétrica, em 1879, e a televisão, na década de 1920.

Mas, além da internet, a geração Z também tem sido destaque em relação ao maior consumo de substâncias para inibir ou retardar o sono. É comum entre os jovens o consumo de bebidas energéticas e de bebidas alcoólicas. 

Como, juntas, elas interferem na privação do sono? As bebidas energéticas têm poucas substâncias estimulantes, como a taurina e a cafeína, mas o efeito delas é potencializado pela ação do álcool das bebidas destiladas com as quais são misturadas.

Talvez você não saiba, mas o álcool tem ainda um outro papel determinante nessa equação: ele priva a execução dos sonhos. Por noite, num sono normal, sonhamos aproximadamente 90 minutos. Eles são importantes porque proporcionam o bem-estar físico e psicológico. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 45% da população mundial sofre com algum tipo de distúrbio do sono. Vamos descobrir um pouco mais sobre cinco deles: 

1 – INSÔNIA

A insônia é um dos distúrbios do sono mais comuns. Pode aparecer caracterizado como uma dificuldade de iniciar o sono, de manter o sono e ainda naquela sensação de cansaço durante o dia, depois de uma noite mal dormida.

Ela pode surgir solitária ou associada a alguma outra doença, como a depressão, alterações hormonais ou doenças neurológicas. Pode, ainda, ser provocada por substâncias como remédios, álcool, tabaco, diuréticos ou alguns tipos de antidepressivos.

A insônia é considerada crônica quando as dificuldades para dormir ocorrem em pelo menos três noites da semana durante três meses.

Tratamento:  por conta das suas inúmeras causas, é importante ir ao médico para um diagnóstico correto. Uma vez que a insônia como consequência de alguma doença é descartada, você pode investir em hábitos saudáveis para o sono.

Por exemplo, evitar luzes de televisores e celulares perto do seu horário de dormir. Ambientes silenciosos e confortáveis para um sono duradouro. 

2 – APNEIA DO SONO

Como já foi citado no início desse texto, a apneia do sono é um distúrbio que ocorre quando a respiração é interrompida durante o sono, diversas vezes, por no mínimo 10 segundos. Ele impede que o corpo descanse e causa sintomas como sonolência, dores de cabeça, ronco, irritabilidade e mais. 

Obesidade e deformidade facial são as principais causas da apneia, que pode ainda ser leve, moderada ou severa. Se não tratadas, as crises podem aumentar chances de AVC, infarto e problemas como hipertensão arterial.

Tratamento: por meio de aparelhos que ajudam a manter o nível de oxigenação estável durante a noite. Em casos leves, o uso de um dispositivo ortodôntica, que ajuda a manter a faringe aberta, pode funcionar. Mas, além disso, perder peso e melhorar os hábitos alimentares também são necessários.

3 – SONAMBULISMO

O sonambulismo é um distúrbio que provoca uma parassonia – alteração do padrão do sono devido a ativação de áreas do cérebro em momentos inapropriados. A pessoa caminha, conversa e faz outras atividades motoras enquanto dorme.

Tratamento: em geral, o sonambulismo não é tratado porque os episódios tendem a diminuir a partir da adolescência.  Mas, em alguns casos, são receitados ansiolíticos para regularizar o sono.

4 – SÍNDROME DAS PERNAS INQUIETAS

A síndrome das pernas inquietas é associada à necessidade de movimentar as pernas, durante o repouso ou na hora de dormir. Sua causa é genética, mas pode piorar em momentos de estresse ou consumo de estimulantes como cafeína ou álcool. Ela atrapalha o sono e pode provocar sonolência e fadiga.

Tratamento: É necessário evitar o uso de substâncias como álcool, fumo e cafeína. Praticar exercícios físicos e evitar a privação de sono já que o cansaço piora o quadro. 

5 – BRUXISMO

É um distúrbio caracterizado pelo ato inconsciente de ranger e apertar os dentes, causando: alterações dentárias, dores de cabeça e na mandíbula.

Tratamento: Um dentista pode indicar um dispositivo encaixado sobre os dentes para evitar o desgaste, correções de alterações dentárias, além de métodos de relaxamento e fisioterapia.

CONFORTO PARA DORMIR BEM

O lugar que você dorme pode fazer toda a diferença quando o assunto é a qualidade do seu sono. Por isso, faça algumas mudanças no seu quarto para ajudar as suas noites a serem mais aproveitadas.

Por exemplo, limpe constantemente a mesinha de cabeceira ao lado da sua cama, a poeira pode atrapalhar sua respiração durante o sono. Prefira os tipos de colchões e travesseiros ergonômicos – aqueles adequados ao peso da pessoa.

Punição contra crimes de injúria e racismo precisam de mais agilidade

Às vésperas do Dia Mundial da Consciência Negra, comemorado em 20 de julho, diversos casos de injúria e racismo vêm à tona, repetindo uma história secular. Os episódios mais recentes foram dentro dos campos de futebol, dentro e fora do Brasil, nos quais jogadores e seguranças ouviram gritos de “macaco” ou comentários pejorativos sobre sua cor.

Pesquisa divulgada pela Rede Nossa SP, na semana passada, valida a percepção de que a existência de leis rígidas contra o racismo não consegue mudar o que está na estrutura da nossa sociedade. A maioria dos pretos e pardos da cidade de São Paulo, por exemplo, acredita que o preconceito e a discriminação contra a população negra se manteve ou aumentou nos últimos 10 anos.

Em pleno século 21, o que fazer para mudar esse cenário?

Na opinião de Edson Knippel, advogado criminalista especializado em direito processual penal, o racismo é estrutural no Brasil e precisa ser desconstruído em todas as esferas: no trabalho, na escola, no lazer, nas relações pessoais. “Não se pode tolerá-lo nem em forma de piada”, alerta.

Para o professor Yuri Sahione, também advogado criminalista, as leis que punem tanto injúria racial quanto racismo são rígidas, mas precisam de um olhar prioritário do Estado. “Estado, poder judiciário e polícia precisam estar preparados e melhor equipados para que processem esses casos de maneira ágil”, afirma.

O professor e especialista em Direito Penal, Leonardo Pantaleão, lembra que injúria racial possui pena de reclusão de 1 a 3 anos e multa. “É um crime contra a honra subjetiva da vítima. Somente se processa mediante representação do ofendido”, explica. “Já o crime de racismo é quando o infrator pratica uma ofensa coletiva, atingindo um número indeterminado de indivíduos, discriminando toda a integralidade de uma raça, sendo inafiançável e imprescritível”. O ato de impedir ou dificultar o acesso de um número indeterminado de pessoas a serviços, empregos ou estabelecimentos comerciais, por exemplo, é enquadrado no crime de racismo. Há, ainda, a previsão de crime de fabricação, distribuição ou veiculação de símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo.

Sahione recomenda que, em caso de crime, a vítima não perca tempo em denunciar. “Se for possível, filme. Ou reúna testemunhas que possam ser intimidas a depor. Em caso da Internet, dê print na tela, anote o endereço da página. Todos esses elementos são provas e devem ser levadas às autoridades o quanto antes”, recomenda. “Se não há punição, a sociedade acaba vendo o crime de racismo ou de injúria como aceitável”, finaliza.

Inscrições abertas para a Copa Verão 2019

A Copa Verão, torneio recreativo que é disputado todo ano no período das féria já está com as inscrições abertas. Quem tiver o interesse em participar tem até o dia 20 de dezembro para procurar o Departamento de Esporte Municipal para se inscrever.

O torneio terá inicio em janeiro, mas as datas ainda não foram definidas. A principio, o evento deve ser todo realizado no Ginásio, mas caso a reforma não fique pronta outra praça alternativa deve ser escolhida para a realização das partidas

Os campeões e vices serão agraciados com troféus e medalhas, além de premiações para os destaques do torneio.